segunda-feira, 20 de setembro de 2021


Por Outro Lado...

Numa época em que o que conta é o espetáculo, em que as entrevistas de fundo parecem contar pelo impressivo tom de voz de quem pergunta, pelas filmagens por drone, pela aparente incapacidade de manter uma conversa longa e profunda, sem artifícios, sem montagens, sem tudo fazer para parecer moderno, dinânico, arrojado, diferente de tudo, vêm à memória sete anos de entrevistas tranquilas, de onde a paz e a profundidade emanam ao longo de cinquenta ininterruptos minutos da voz serena de Ana Sousa Dias e de quanto, com maestria, conseguia arrancar da caixa de segredos de convidados escolhidos, num formato que, é certo, não agradaria às assistências de hoje, mas que continha algo a cujos calcanhares hoje só muito dificilmente um entrevistador conseguirá chegar.

Alguns exemplos que pode ver aqui: Maria José Morgado, João Lobo Antunes, João Amaral, tantos outros...

(Imagem: Arquivo RTP)

Sem comentários:
Enviar um comentário

Comentar é a melhor forma de ajudar a validar ou invalidar as convicções de quem escreve ou irá ler. Muito obrigado!